Descubra-se

Descobertas: Qual é o seu filme favorito e o motivo de gostar dele?

Passamos muito tempo de nossas vidas tentando conhecer outras pessoas, não é?! Saber quais são suas vontades, o que elas querem, suas expectativas e o que elas pensam sobre nós e acabamos esquecendo de algo muito importante, de saber esses pontos sobre nós mesmos e da nossa própria jornada de descobertas. Você consegue responder perguntas simples sobre você sem pestanejar? Então… Qual é o seu filme preferido e qual o motivo de gostar dele?

Demorou?!

Em uma de nossas saídas, eu e minha esposa paramos em um bar e enquanto aproveitávamos a noite e jogávamos conversa fora, decidimos fazer uma brincadeira. A ideia era entrevistar um ao outro, mas não de uma forma convencional, as perguntas deveriam ser desafiadoras, foram feitas perguntas simples e outras mais complexas, com o intuito de um conhecer mais sobre o outro. Foi uma ótima experiência, algo que recomendo a todos os casais, porque também foi importante para que cada um pudesse conhecer mais sobre si mesmo. 

Dentre minhas formações está o coaching, uma das áreas em que atuo em minha empresa, a Honoss. Minha esposa é advogada e ambos somos estudantes de PNL (Programação Neurolinguística), temos que evoluir muito ainda, todos sempre temos, mas isso já foi o bastante para render muitas perguntas interessantes.

Essa “simples brincadeira” me fez pensar neste artigo e como sempre temos o que conhecer sobre o outro, mesmo num relacionamento de quase dez anos, e também sobre como você sempre tem o que conhecer sobre si mesmo. Descobrir é uma jornada!

Bom, essa pergunta sobre o filme pode ter sido difícil para você responder ou pode ter sido fácil, dependendo do momento que você vive ou se já parou para questionar-se sobre isso, mas é só para ilustrar o quanto as vezes é difícil responder perguntas sobre nós mesmos. Por mais que pareçam simplórias, elas dizem muito sobre nós, sobre a forma que pensamos e fazemos nossas escolhas e por muitas vezes nos travam. Poderia trocar a pergunta do inicio por várias outras: Qual é a sua música favorita? Qual o lugar mais bonito que já visitou? Existe alguém que você admira ou tem como exemplo?

Se eu completar cada uma perguntando o motivo da resposta, ai sim, imagino que complica mais ainda.

É possível extrair e conhecer muito através das nossas respostas a essas perguntas, explorando os motivos de cada uma. Isso pode ajudar e dar base para conhecer mais sobre como você enxerga o mundo, por exemplo, se não souber responder ou ficar na dúvida o que isso quer dizer? Que não sabe essas informações sobre si mesmo? E se as perguntas fossem mais complexas?

Quer ser a pessoa que deseja ser? Leia também o nosso artigo: Chave para o Sucesso? Seja a pessoa que deseja ser!

O filosofo Sócrates foi um grande defensor do autoconhecimento e da sua importância. Disse que a única maneira de conhecer a verdade e ter liberdade era conhecendo a si mesmo, uma pessoa para ser sábio, ter uma vida equilibrada e feliz deve conhecer suas limitações, imperfeições e compreender o que pensa e sente. Muitos dizem que ele difundiu a frase: “Conhece-te a ti mesmo”, inspirado pela mesma frase que viu em um templo de Apolo, local onde em uma conversa ele falou pela primeira vez sua frase mais famosa: Só sei que nada sei.

Esse pensamento mostra a importância e a quanto tempo esse assunto é discutido. Hoje em dia, muitos portais voltados para o desenvolvimento pessoal e profissional apontam que o autoconhecimento é a chave para o sucesso, e eu acredito nisso.

As nossas crenças sobre o que somos e aquilo que podemos ser determinam o que iremos nos tornar.

Descobrir quem você é, o seu lugar no mundo, qual é o seu potencial e aonde quer chegar, lhe dará enormes vantagens em diversas áreas da sua vida, seja no lado profissional, nos relacionamentos e até na forma como você enxerga a si mesmo e o mundo ao seu redor. Fazendo isso estará mais consciente dos seus passos, diminuindo as influências externas que o cerca.

Seguindo a ideia da entrevista e a de fazer perguntas mais complexas, eu te questiono:

O que é felicidade para você? O que é sucesso?

Se não souber responder isso, não tiver esses conceitos em sua mente, você poderá acabar fazendo escolhas importantes para sua vida com base nas respostas de outras pessoas. Agindo dessa forma, com o passar do tempo, verá que mesmo conquistando algumas ou muitas coisas você se sente frustrado (a), pois terá conquistado algo que foi escolhido com base no conceito “do que é ser feliz” de outra pessoa, não o seu próprio. 

Essa jornada de descobertas traz inúmeras vantagens e se ainda não está neste caminho eu o aconselho a começar logo. É uma estrada que não tem fim, estamos sempre descobrindo algo sobre nós mesmos, mas a cada momento que percorremos esse caminho, nos sentimos mais fortes e confiantes, sabendo onde podemos agir para mudar algo, criando mais barreiras contra influências externas negativas e indo ao encontro do que sonhamos. Mesmo que comece com perguntas “simples” dê os primeiros passos, pois eles são de extrema importância. 

Então vá e questione-se: Qual é o seu filme favorito e o motivo de gostar dele?

Grande Abraço!!

Leonardo Cruz – Sócio / Idealizador e gestor da Honoss, Consultor e Coach pessoal, profissional e de liderança

Conheça mais sobre nossas oficinas que proporcionam experiências sobre descobertas, estratégias e crescimento e participe desse movimento de desenvolvimento clicando aqui! Acompanhe também o nosso facebook e Instagram para saber mais sobre nosso trabalho e venha conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *