Descubra-se

Como produzir bem estar e felicidade com o Sistema límbico

sistema límbico e a felicidade

Olá, aqui é o Wagner! Hoje vamos falar um pouco sobre o nosso sistema límbico e como a neurociência explica as variações de humor de acordo com as substâncias que produzimos por nossas ações.

O primeiro ponto que precisamos saber é que ao contrário do que muitos pensam, o seu coração não é o responsável pelos seus sentimentos. Quando ele acelera por estar próximo de alguém que você considera especial ou quando ele dói por algum sentimento de tristeza, está apenas recebendo estímulos de como se portar através de suas crenças.

Aliás, se quiser saber mais sobre como o amor é descrito pela filosofia de Zizek, leia também: Amor: o lixo e as verdades por detrás da palavra

Mas de onde vem isso? Claro, como você já deve ter pensado vem do cérebro, mas sendo um pouco mais específico, do seu sistema límbico. O sistema límbico é o responsável por nossas emoções e nossos sentimentos, sem o bom funcionamento desse importante sistema, simplesmente não existiria inteligência emocional e muito menos uma vida equilibrada de acordo com nossas crenças, sentidos e sentimentos.

O sistema límbico é composto por amígdala, hipocampo, tálamo, hipotálamo, entre outros.

Sistema límbico

O sistema límbico praticamente controla todo o funcionamento do corpo humano, desde a dor, pensamentos e sentimentos. Claro, o sistema límbico trabalha em conjunto com outros sistemas, dois deles são os sistemas nervoso e endócrino (hormonal).

Agora, a grande questão, o nosso sistema nervoso pode ser estimulado externamente, nosso sistema reprodutor  e até o nosso sistema digestivo podem ser estimulados externamente. Será que o nosso sistema límbico também pode ser estimulado? A resposta é sim, e no caso, como já deve ter percebido, você pode sim alterar o seu humor e suas sensações de acordo com o externo.

Lembra da nossa conversa sobre Fisiologia? Neste artigo falamos um pouco sobre como a nossa postura corporal influencia no humor ou sentimento, mostramos o que fazer para se sentir forte, confiante e cheio de energia. Um fato de total importância para a Honoss e para os resultados com os nossos clientes, que ainda muitas pessoas não entendem, pensam que o que fazemos é de certa forma, mágico. Bom, tem sua magia, não posso discordar, mas tudo o que fazemos é pesquisado, estudado e planejado para produzirmos a melhor experiência possível para os nossos clientes de forma que podemos despertar emoções, utilizamos dos recursos que temos na neurociência, criatividade, colaboração, gerência de projetos e filosofia.

Continuando o assunto sobre influenciar no estímulo das nossas emoções, existem alguns estudos que dizem que podemos influenciar na secreção hormonal e neuro-hormonal usando apenas a nossa comunicação, e assim alterar nossas emoções e sentimentos – consequentemente modificando completamente a nossa maneira de perceber o mundo e as nossas crenças limitante.

Para cada comunicação e pensamento humano existe um correspondente químico que é produzido em nossos corpos. Se você faz cara de tensão, franze a testa, contrai a musculatura, respira de forma rápida e curta, mesmo que nada esteja acontecendo de fato, o corpo produzirá uma nova química.

Provavelmente, no exemplo citado, o organismo produzirá o hormônio adrenalina e o neuro-transmissor cortisol. Entre outros, cortisol e adrenalina são produzidos em situações de tensão e estresse, deixando o seu corpo pronto para enfrentar ou fugir.

Temos vários poréns em qualquer situação nas nossas vidas, e na busca pela “felicidade” não é diferente. Mesmo que algo seja bom pra você, se o seu corpo ou sua psiquê encontra um meio de “melhorar” a realidade você pode viciar naquilo, como por exemplo, quando se é uma pessoa tímida e descobre que ao beber você se torna alguém divertido e descontraído, essa pode ser a porta de entrada para um vício, pois ela de certa forma pode ser sustentada por uma crença de que você só pode ser assim se beber.

As substâncias que o nosso corpo produz podem também se tornar uma droga, se consumida de maneira errada, por isso que uma pessoa depressiva não sai da depressão de forma simples, pois de certa forma ela está dependente das substâncias que seu próprio corpo produz para se sentir “bem”.

Beleza, mas o que podemos fazer sabendo essas coisas? Eu costumo dizer que o primeiro ponto para a mudança é o autoconhecimento. Somente com o autoconhecimento temos o poder de mudar qualquer coisa em nós mesmos de forma consciente.

Todos os nossos hormônios e outras substâncias que circulam e que foram produzidos naturalmente pelo nosso corpo, é benéfico para o bom funcionamento dessa “máquina” incrível. Mas tudo em extremo é ruim, sendo pouco ou sendo muito.

Com isso podemos fazer uma analogia ao nosso mundo. Beber (qualquer bebida, sendo alcoólica ou não) em uma festa de família ou com amigos é muito bom, desde que você não beba demais ao ponto de passar mal, mas, se não beber nada também é provável que sinta sede e não mate essa vontade.

No caso essas substâncias químicas que o nosso corpo produz e precisa, não são ingredientes para bebidas. Mas, e se pudéssemos produzi-los e matar essa vontade de se sentir bem, feliz, cheio de energia e vitalidade?

Bom, podemos fazer isso!!

Vamos a uma receita de forma consciente e moderada, que vai levá-lo a um outro nível de humor e compreensão da sua realidade. Recomendo doses diárias desse importante coquetel da vitória, para a nossa receita precisaremos de…

  • Endorfina
  • Dopamina
  • Serotonina

Endorfina, é um analgésico natural do seu corpo. É um neuro-transmissor que ativa os processos neurais, leva as informações a todo o corpo e os conecta aos neurorreceptores. Ela é produzida principalmente em resposta à atividade física e sexual, mas também podemos produzir através do consumo moderado de alimentos, como café, chocolate e pimenta. Alguns dos benefícios são:

  • Melhora a memória;
  • Melhora o bom humor;
  • Aumenta a resistência física e mental;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Bloqueia as lesões nos vasos sanguíneos;
  • Age no antienvelhecimento, pois remove radicais livres;
  • Elimina ou reduz a depressão e ansiedade.

Dopamina, é um estimulante natural de energia e felicidade. É um neuro-transmissor assim como a Endorfina, mas, diferente dela, a dopamina tem sua produção estimulada pela manifestação de amor, seja com gestos, palavras ou ações. Você com certeza já viu pessoas depressivas que voltaram a viver depois de se apaixonarem ou idosos rejuvenescidos com o nascimento de um netinho. Alguns dos benefícios são:

  • Autoaceitação;
  • Melhora o bom humor;
  • Você se ente mais querido(a);
  • Estimula a sua felicidade;
  • Aumenta a energia.

Serotonina, também é um neuro-transmissor que auxilia na autopercepção e na capacidade de entender as circunstâncias ambientais, para que nos coloquemos diante delas de forma adequada. A melhor forma de produzirmos essa substância é com a ingestão de alimentos ricos em triptofano, como banana, tomate e chocolate. Fazer sexo e tomar sol também são atividades que estimulam a produção de serotonina.

Ta aí uma coisa interessante, chocolate e sexo estão em alta na nossa lista de produção dos ingredientes. Mas lembre-se, tudo em excesso faz mal.

Agora, vou receitar a você uma das várias formas de se tomar esse coquetel.

Experimente um ritual ao acordar:

1 – Espreguiçar-se com força e sorrir com intensidade, mesmo que forçadamente;

2 – Encontre uma pessoa importante pra você, assim que acordar e dê um abraço longo, que comunique amor;

3 – Coma uma banana e/ou um chocolate ao longo do dia.

Fazer essas simples coisas podem te trazer um dia muito mais produtivo e positivo. Vimos que o sexo também é bom para o bom humor, então, não se esqueça dele.

Wagner Souza – Sócio / Idealizador e gestor da Honoss, Consultor e Coach pessoal, profissional e de liderança

Conheça mais sobre nossas oficinas que proporcionam experiências sobre descobertas, estratégias e crescimento e participe desse movimento de desenvolvimento clicando aqui! Acompanhe também o nosso facebook e Instagram para saber mais sobre nosso trabalho e venha conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *