• Whatsapp (31) 99977-6004 | (31) 98934-8382

Lições de Vida de Um Viking #2 – Perdão Existe?

Fevereiro 25, 2019
Posted in Questione
Fevereiro 25, 2019 Wagner

Lições de Vida de Um Viking #2 – Perdão Existe?

Vikings está chegando em sua 6° e última temporada. Mas, desde o início até aqui, percebemos muitas coisas que nos fazem refletir.

Uma dessas coisas é a capacidade que as pessoas têm de agir por impulso, sem analisar a situação. Pessoas que mesmo próximas a nós, tomam atitudes por puro ego ou interesse próprio. E claro, temos aqueles que não cansam de perdoar e serem enganados novamente.

Se você assistiu até a 5° temporada, deve saber que algumas coisas marcantes aconteceram (infelizes até), mas que, por motivos de Spoillers, não poderei falar aqui.

E mesmo com “este acontecimento“, ainda sim vimos muitos casos de ações por ego, interesse próprio ou mesmo inveja.

Mas, vamos lá!

Um dos maiores casos de ações motivadas por inveja na série foi o caso de amor e ódio entre os irmãos, Ragnar e Rollo. Será que existe perdão?

Você Não é Melhor do Que Eu!

Ragnar sempre demonstrou maior ousadia, mais curiosidade e agarrava suas oportunidades com unhas e dentes.

Todas suas conquistas foram suadas e sofridas até. Desde seu relacionamento com a escudeira Lagertha, até suas posses materiais e viagens.

Rollo, mesmo admirando o irmão mais novo, sentia aquela pontada de ciúmes e inveja pela escudeira.

Na série não mostra antes disso como foi, mas pelo que é percebido podemos tirar algumas conclusões.

Vendo toda ambição, ideias e conquistas do irmão, Rollo se sentia inferiorizado, como se estivesse sempre atrás de Ragnar.

Claro, isso era algo completamente de Rollo, estava em sua cabeça pelas suas experiências. Mas, Ragnar também não deixava barato. Seu tratamento para com Rollo, apesar de demonstrar amor, muitas vezes vinham de humilhações.

Talvez por ter passado muitas coisas com Rollo, em que este demonstrou inveja ou falta de ambição própria Ragnar era um pouco duro com o irmão.

Apesar de tudo, Ragnar ama de verdade o irmão. Tenta a todo momento deixá-lo em uma posição de igual, seja no seu barco, nas suas incursões ou mesmo nas batalhas da vida.

Entretanto, mesmo com esse esforço por igualdade entre eles, Ragnar foi “além” do irmão. E isso, foi a gota d’água para algumas “estocadas nas costas” que recebeu.

Não Serei Sua Sombra

Essa alavancada de Ragnar fez o ciúmes e ressentimento de Rollo aumentar. Em um momento da série, Rollo fala com o irmão: “Como seremos iguais, se você é o meu Rei?”.

Neste momento, Rollo sentiu-se ainda mais inferiorizado. Chegando ao ponto de trair, por muitas vezes o irmão e colocá-lo em situações difíceis de vida ou morte.

E, mesmo assim, Ragnar ainda o perdoava.

E por incrível que pareça, isso ocorreu por mais vezes do que deveria. Chagando ao ponto de questionarmos: Quantas vezes devemos depositar a confiança na pessoa, mesmo que ela não seja confiável?

O desfecho dessa trama entre os irmãos é muito interessante. Pois, cada um segue o seu caminho e Rollo finalmente descobre que não precisa ser a sombra de Ragnar.

(Des)Construa Você e Seja O Seu Caminho!

Essa oficina existe para ajudar pessoas que muitas vezes sentem-se perdidas e incomodadas com o que sentem e fazem, a mudarem percepções, significados emocionais e a dar os primeiros passos rumo a sua estratégia de mudança!

Analisando e Trazendo para o Cotidiano

Claro que o exemplo entre os irmãos Ragnar e Rollo é algo mais feroz e atípico. Mas, gostaríamos de trazer algumas reflexões a você.

Em nossas vidas, existem momentos que nos comparamos, sejam como superiores ou inferiores. Isso é absolutamente normal pelo tipo de criação sistêmica que temos, principalmente na escola e no trabalho.

Nosso sistema de ensino, por exemplo, não incentiva a cooperação, mas sim a competição. Você necessariamente deve ser o melhor, se não for, não conta. É apenas mais um.

Dessa maneira, criamos pessoas que literalmente não sabem aplaudir as conquistas dos próximos. Pessoas que ao invés de incentivar o “irmão”, serão seus maiores críticos e as vezes até sabotadores.

Vale sempre uma reflexão sobre quem você é. Afinal de contas, não precisa seguir o mesmo caminho de ninguém.

Não existem pessoas melhores ou piores. Existem caminhos que te trarão resultados específicos e você pode mudá-lo a qualquer momento. Essa mensagem vai para você, que assim como Rollo, viveu por muito tempo à sombra do “irmão”.

E para você que assim como Ragnar, tem a ideia de colocar o irmão como igual, mesmo com suas inseguranças e ameaça eminente.

Até quando você vai se segurar para não desenvolver?

Você precisa mesmo colocar essa ideia de igualdade?

Lembre-se, todos nós temos caminhos diferentes, você faz o seu. E, quando se propor a um objetivo, entenda de verdade quem são aqueles que estão ao seu lado e quem não está.

Perdoar é preciso, de fato, pois cada um de nós temos experiências diferentes na vida, significamos as coisas de uma maneira diferente também. Mas, não seja o bobo que vai “morrer” por aqueles que não estão nem aí por você.

Sua vida é muito importante!

Antes do perdão, precisamos ter ciência de que perdoar não significa se deixar enganar novamente. Perdoar significa não deixar que aquele acontecimento influencie negativamente nos seus planos, no seu futuro.

Wagner Souza

Apaixonado pelos significados da vida, encontrou na filosofia uma forma de ajudar aqueles que desejam ser pessoas melhores.

Iniciou sua carreira na área de Tecnologia e Inovação, mais tarde se tornou mentor em desenvolvimento de Negócios. Hoje é um Cientista do Comportamento e especialista em Gestão de Projetos, é experiente na aplicação de estratégias para o desenvolvimento da Inteligência Emocional e despertar da consciência.

Idealizador da Hono’ss. Já levou a Filosofia de Ressignificar para empreendimentos e vidas através de consultorias, oficinas e palestras ao longo do Sudeste e Sul do Brasil.

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *