• Whatsapp (31) 99977-6004 | (31) 98934-8382

Você está trabalhando no que gosta? Qual é o significado dele para você?

Novembro 19, 2018
Novembro 19, 2018 Wagner

Você está trabalhando no que gosta? Qual é o significado dele para você?

O trabalho ocupa grande parte da nossa vida, além de todo esse tempo, ele por vezes é o que dá sentido para muita coisa! Vivemos em um tempo de correria e competição constante, que por vezes nos esquecemos o real significado da palavra trabalho.

Por isso te convidamos para fazer algumas reflexões e responder algumas perguntas:

  • Você trabalha com o que você gosta?
  • Você sente prazer ao trabalhar todos os dias?
  • Você trabalha com o que sempre sonhou?
  • Você pensa em ficar nesse trabalho até o final da carreira ou já planeja mudanças?

Então, sentiu alguma dificuldade em responder estas perguntas? Ou, talvez tenha sido até fácil, mas não tenha gostado tanto das respostas, não é mesmo?

O importante é você não se apavorar, com certeza você não é o único que não faz o que sonha, ou mesmo não gosta do que faz! E atualmente falamos tanto sobre insatisfação no trabalho, que as pessoas que gostam do seu, podem até estranhar o sentimento.

“A verdadeira motivação vem da realização, desenvolvimento pessoal, satisfação no trabalho e reconhecimento” – Frederick Herzberg

Mas também é super possível gostar sim do que faz! Talvez você não tenha prazer de fazer aquilo todos os dias, afinal, é realmente complicado lidar com as nossas profissões! Seja qual for a sua profissão ela tem desafios, e dias ruins.

Amo meu trabalho

É muito comum utilizarmos aquela expressão: Trabalhe com o que gosta e não trabalhará um só dia. Esta frase dita por Confúcio muitas vezes recebe um significado pejorativo, pois trabalhar com o que se ama, não quer dizer que não terá dias ruins.

A questão é que se você trabalha com o que ama, é provável que tenha mais motivação e força para vencer os desafios que se levantam contra você.

Nos dias ruins podemos odiar, não ter prazer de estar ali e pensar em desistir na primeira oportunidade!

Mas o que difere entre uma pessoa que gosta do seu trabalho, e uma pessoa que não gosta, é que para uma todos os sentimentos ruins passam, tornando aprendizados, enquanto para outras todos esses sentimentos ruins permanecem, se tornam fardos.

Talvez seja impossível gostar 100% do seu trabalho, mas também não é saudável não gostar 100%. E, independente de qualquer coisa que leia, ou que escute, é sua responsabilidade mudar sua vida, caso veja que é necessário.

Indicamos a leitura do artigo: Autorresponsabilidade, essa é a chave para a sua liberdade

Quanto a permanecer no emprego, pode ser perigoso se ver no mesmo lugar para o resto da vida, afinal, assim como a nossa vida, a carreira e o mercado também são difíceis de prever.

Os empregos que existem hoje, muitos deles não existiam há tempos mais remotos. E provavelmente, você já viu algumas profissões que hoje estão em alta e que antes não existiam. Por exemplo: YouTuber, piloto de Drone, Digital Influencer e tantos outros.

Se conheça e entenda o seu estilo de trabalho

E não se trata de ter graça ou não, estar no mesmo lugar.

Você pode sim passar uma vida inteira em uma mesma empresa, isso se ela condiz com o seu propósito e te faz bem. Mas é importante lembrar que cada uma das suas experiências, vão te levar a novos desafios, saber tomar alguns desafios por conta própria para o seu crescimento, pode ser uma boa ideia para evoluir, até mesmo como pessoa.

Qualidade de vida no trabalho

Lembre-se, talvez exista alguém no emprego atual que você não dê tão bem. Essa pode ser uma chance de aprender a lidar com uma diversidade. Se existe algo que ainda não sabe fazer, essa também é uma oportunidade de aprender.

Saber se você trabalha no que gosta pode ser fundamental para o seu autoconhecimento, e pode ajudar a tomar decisões verdadeiramente importantes. E é importante ressaltar que estas decisões serão impactos na vida de outras pessoas também.

Me diga, o que diria para o seu filho se ele te perguntasse: “Trabalho com o que gosto ou com o que dá mais dinheiro?”

Talvez nessa parte do artigo você pode estar se sentindo confuso, ou pode ter ainda mais certeza da sua resposta! Independente de qual for ela, você já conseguiu refletir sua relação com o seu trabalho, o que já é ótimo.

Lembrando que você pode gostar do que ama, e isso não garante que você goste pra sempre. Mas o importante é a sua resposta atual.

Se ela for positiva, ótimo! mas lembre-se que gostar do que faz e querer fazer isso pra sempre são coisas diferentes.

É sua responsabilidade mudar de vida

Tanto quem gosta, quanto quem não gosta do seu trabalho pode estar fechando os olhos para diversas oportunidades de carreira, graças ao comodismo, uma doença recorrente dos tempos atuais.

Por vezes o medo não nos deixa dar o próximo passo. Por isso, levante essa discussão consigo e boa sorte nos pensamentos.

Deixe a preguiça e comodismo de lado, e repense sua vida profissional, o futuro está apenas começando.

E se você, assim como eu acredita que podemos ter qualidade de vida e com menos estresse quando nos conhecemos e sabemos lidar com o próximo e quer se desenvolver para isso, sugiro que participe da próxima oficina Seja o Seu Caminho. Essa pode ser a chance que você procurava para ressignificar sua vida profissional. 

 

Então, gostou do artigo? Coloque nos comentários abaixo suas visões de futuro, quem é a pessoa que quer ser e claro… Quem vai ganhar a disputa entre os dois pilotos?

Coloque suas dúvidas que ajudaremos a montar essa avaliação.

Wagner Souza – Co-Idealizador do projeto Honoss.

Conheça mais sobre nossas oficinas que proporcionam experiências para ressignificar vidas e negócios.Participe desse movimento de desenvolvimento clicando aqui! Acompanhe também o nosso facebook e Instagram para saber mais sobre nosso trabalho e venha conosco!

, , , ,